Síria

Marinha russa lança mísseis contra Estado Islâmico na zona de Palmira

Quatro mísseis lançados pela marinha russa atingiram uma série de locais controlados pelo Estado Islâmico, esta quarta-feira, em Palmira, na Síria, avança a media estatal russa.

AFP/Getty Images

Quatro mísseis lançados pela marinha russa atingiram uma série de locais controlados pelo Estado Islâmico, esta quarta-feira, em Palmira, na Síria, avança a canal de informação estatal russo.

O Ministério da Defesa Russo disse em declaração que a fragata do almirante Essen e o submarino Krasnodar atingiram vários pontos que estão sob controlo do Daesh, alguns dos quais se guardavam artilharias pesadas e onde estavam presentes tropas militantes transferidas de Raqqa.

“A marinha russa lançou quatro mísseis, a partir do mediterrâneo oriental, contra alvos do grupo terrorista Daesh, na área de Palmira. Todos os alvos foram atingidos”, disse o Ministério em comunicado.

“A Marinha da Rússia mostrou capacidade de efetuar ataques com armas de alta precisão em um prazo muito curto depois de receber a ordem”, sublinhou o Ministério russo.

O ministério acrescentou notificou antecipadamente os militares dos Estados Unidos da América, da Turquia e de Israel, através de canais operacionais.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Sri Lanka

Ataque terrorista à geografia humana de Portugal

Vitório Rosário Cardoso

É quase indissociável desde o século XVI na Ásia marítima a questão de se ser católico e de se ser Português porque afirmando-se católico no Oriente era o mesmo que dizer ser-se Português. 

Sindicatos

Vivam as greves livres

Nuno Cerejeira Namora

Estes movimentos têm de ser encarados como o sintoma de um mal maior: a falência do sindicalismo tradicional e a sua incapacidade de dar resposta às legítimas aspirações dos seus filiados.

Sri Lanka

Ataque terrorista à geografia humana de Portugal

Vitório Rosário Cardoso

É quase indissociável desde o século XVI na Ásia marítima a questão de se ser católico e de se ser Português porque afirmando-se católico no Oriente era o mesmo que dizer ser-se Português. 

Museus

Preservação do Património Cultural

Bernardo Cabral Meneses

As catástrofes ocorridas no Rio de Janeiro e em Paris deverão servir de exemplo para ser reforçada a segurança contra incêndios nos edifícios e em particular nos museus portugueses.

Liberdades

Graus de liberdade /premium

Teresa Espassandim

Ninguém poderá afirmar que é inteiramente livre, que pouco ou nada o condiciona, como se a liberdade significasse tão só e apenas a ausência de submissão e de servidão.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)