Quem se quiser deslocar no Porto nas madrugadas de sexta e sábado passa a poder contar com o Metro a partir desta sexta-feira, 9 de junho. O reforço nos transportes públicos prolonga-se até ao dia 1 de outubro, com metros a passar de 20 em 20 minutos, em ambos os sentidos.

A Linha Amarela (D), entre Santo Ovídio e o Hospital de S. João, e a Linha Azul (A), entre o Estádio do Dragão e a Senhora da Hora, passam a funcionar durante as noites de sexta-feira e sábado, entre as 01h00 e as 06h00, altura em que, por norma, costuma estar encerrado. A cada 20 minutos há uma composição a passar, em ambos os sentidos, anunciou a Metro do Porto, esta sexta-feira à tarde.

O MOVE PORTO, assim se chama a iniciativa que pretende aumentar a oferta de transporte público para a Baixa, tendo em conta o turismo e a elevada procura por espaços de diversão noturna, integra também a rede madrugada da STCP. Assim, aos fins de semana, haverá um reforço de autocarros “nas áreas não contempladas pela rede de Metro”, pode ler-se na página da empresa.

A operação noturna do Metro do Porto estende-se ao parque de estacionamento do Metro na Estação Estádio do Dragão, com capacidade de 850 lugares, que funciona igualmente toda a noite aos fins de semana. A combinação entre o percurso de automóvel, estacionamento no Parque Metro e a viagem a rede intermodal Andante tem um custo acrescido (de estacionamento neste parque) de 0,95€ por cada 12 horas.