A GNR intensifica, a partir de sexta-feira, o patrulhamento rodoviário nas vias mais críticas com o objetivo de combater os acidentes e garantir a fluidez do trânsito durante os feriados da próxima semana, indicou esta quinta-feira a corporação.

A operação “viagem tranquila” vai decorrer até ao dia 18 de junho em todo o país e a GNR vai reforçar o patrulhamento nas vias mais críticas face aos fluxos de trânsito previsíveis nos feriados de Santo António (celebrado a 13) e Corpo de Deus (dia 15), adianta a Guarda Nacional Republicana, em comunicado.

Segundo a GNR, o objetivo da operação é combater a sinistralidade rodoviária, garantir a fluidez do tráfego e apoiar todos os utentes das vias, proporcionando-lhes uma deslocação em segurança.

Para a operação vão estar destacados militares dos comandos territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito, que vão estar “especialmente atentos aos comportamentos de risco geradores de acidentes ou que agravem as suas consequências”.

Nesse sentido, os militares vão dar especial atenção ao cumprimento das regras de trânsito, como manobras de ultrapassagem, mudança de direção, posição de marcha, inversão do sentido de marcha, cedência de passagem e distância de segurança, e condução sob a influência do álcool e de substâncias psicotrópicas.

A condução sem habilitação legal, utilização do cinto de segurança e cadeirinhas para crianças, uso do telemóvel durante a condução e excesso de velocidade são outros dos comportamentos que os militares vão dar atenção durante a operação de 10 dias.