Hyundai

Hyundai i30 SW em antestreia nacional no Porto

Com apresentação nacional agendada para 20 de Junho, a nova i30 SW vai fazer, ainda antes disso, uma passagem pelo 3º Salão Automóvel do Porto, a decorrer até 11 de Junho.

Autor
  • Francisco António

Versão mais familiar do novo Hyundai i30 já em comercialização no mercado nacional, a carrinha do compacto sul-coreano, denominada i30 SW, tem apresentação nacional agendada para o próximo dia 20 de Junho, data a partir da qual poderá ser vista nos concessionários nacionais da marca. No entanto, e ainda antes do evento oficial, o modelo fará uma passagem pelo Salão Auto do Porto, onde o público poderá observar, e até ensaiar, até 11 de Junho, a mais recente novidade do fabricante de Seul.

Anunciada como uma carrinha cujo design exterior dá continuidade às linhas estreadas com o novo i30 e à qual não falta sequer a nova e emblemática grelha frontal em cascata, assim como a nova assinatura luminosa da Hyundai, as diferenças para o hatchback surgem não só na maior altura, como também na linha de tejadilho mais alongada, a acompanhar os 245 mm de comprimento a mais que a carrinha tem, face ao carro. Mas que, ao mesmo tempo, também anuncia aquilo que o fabricante diz ser um dos principais argumentos da nova proposta – uma das maiores bagageiras do segmento C, resultado de uma capacidade de carga de 602 litros (1.650 litros com os bancos traseiros rebatidos). Ou seja, mais 74 litros que o modelo anterior, e mais 207 litros que no hatchback.

Quanto a motorizações, a i30 SW deverá chegar a Portugal com o mesmo leque de motores que já conhecemos do carro, e do qual fazem parte duas propostas a gasolina (1.0 T-GDI de 120 cv e 1.4 TGDI de 140 cv) e uma a gasóleo (1.6 CRDI de 110 cv). Todas surgem acopladas a uma caixa manual de seis relações, embora, opcionalmente, o futuro proprietário possa optar por uma caixa DCT de sete velocidades. Por divulgar ficam, assim, apenas os preços.

Comparador de carros novos

Compare até quatro, de entre todos os carros disponíveis no mercado, lado a lado.

Comparador de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Mar

Bruno Bobone: «do medo ao sucesso»

Gonçalo Magalhães Collaço

Não, Portugal não é uma «nação viciada no medo» - mas devia realmente ter «medo», muito «medo», do terrível condicionamento mental a que se encontra sujeito e que tudo vai devastadoramente degradando.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)