O actual CEO da Opel, Karl-Thomas Neumann, estará a planear abandonar o cargo assim que esteja concretizada a aquisição da marca do raio à General Motors por parte da PSA. A notícia é avançada pelo Frankfurter Allgemeine Sonntagszeitung, que se escusa, contudo, a revelar as suas fontes.

Segundo o artigo publicado no jornal germânico, a que a agência Reuters teve acesso, Neumann não deixa de considerar como o passo estratégico mais correcto a integração da Opel no grupo francês, mas teme que a PSA esteja a subestimar a importância crescente dos automóveis eléctricos para o futuro do sector. E, por isso, deverá anunciar a sua decisão ao conselho de supervisão da marca já na sua próxima reunião, marcada para o dia 22 de Junho.