Uma falha de energia que ocorreu na madrugada desta quinta-feira na área de saídas do aeroporto principal de Bruxelas, na Bélgica, provocou atrasos e cancelamentos de voos, e afetou pelo menos um voo da TAP ao início da manhã. Segundo a agência EFE, este apagão obrigou ao cancelamento de voos da manhã com destino a Milão, Estocolmo, Genebra ou Hamburgo, enquanto para outros destinos os voos saíram mas com atraso.

A Lusa contactou fonte oficial da TAP que indicou que o primeiro voo da manhã de Bruxelas para Lisboa partiu com duas horas de atraso da capital da Bélgica e que atrasou o voo seguinte que o mesmo avião ia operar, não dando mais informações, referindo que desde então não houve outras alterações significativas na operação da companhia aérea.

Na sua página na Internet, o aeroporto de Bruxelas indica que os sistemas já estão a funcionar com normalidade, mas admite que se deverão continuar a sentir atrasos ao longo do dia.

Segundo a informação disponibilizada pelo aeroporto belga, o voo para Lisboa das 14:00 (hora local, 13:00 em Lisboa) saiu a horas.

Esta falha energética provocou o caos durante a manhã no aeroporto Bruxelas-Zaventem e levou a grandes filas nos controlos de segurança, já reforçados desde os atentados de marco de 2016.