Pelo menos 126 migrantes terão desaparecido durante o fim-de-semana quando tentavam fazer a travessia do Mar Mediterrâneo numa embarcação que acabou por naufragar, de acordo a Organização Internacional das Nações Unidas, que cita testemunhas ouvidas em Palermo, Itália.

O coordenador regional da OIM para a zona crítica do Mediterrâneo, Flavio Di Giacomo, dá conta do sucedido no Twitter onde avança que os ocupantes poderão ter perdido a vida, mas ressalva que a informação tem como base “testemunhas recolhidas hoje em Palermo”.

Desde o início do ano já morreram pelo menos 1828 pessoas que tentavam completar a travessia no Mar Mediterrâneo, de acordo com números publicados na semana passada pela OIM.