Pelo menos sete pessoas morreram, este domingo, na queda de um teleférico, numa estância de esqui em Gulmarg, na região de Caxemira que é controlada pela Índia.

Segundo a BBC e a Reuters, na origem do acidente está a queda de uma árvore que partiu um cabo que suportava o teleférico. Todas as pessoas que se encontravam no seu interior morreram.

O vento forte terá estado na origem da queda da árvore. A Reuters refere que a maioria das vítimas eram turistas enquanto a BBC adianta que, entre os mortos, estão duas crianças.

As operações de resgate estão a recorrer. As autoridades estão a tentar reparar o cabo para libertar as várias pessoas presas noutros 15 teleféricos.

Os teleféricos de Gulmarg são dos mais altos do mundo, transportando pessoas a uma altura de 4,100 metros, refere a BBC.