Assumido há muito o desejo de contar, na sua gama, com uma proposta 100% eléctrica, a britânica Aston Martin acaba de anunciar a decisão de avançar com o projecto de uma variante eléctrica do seu modelo Rapide, dada a conhecer, pela primeira vez, em 2015, então como Rapide AMR Concept. Hoje em dia conhecido como RapidE, sendo o “E” sinónimo de “Electric”, o modelo deverá iniciar comercialização dentro de aproximadamente dois anos, ou seja, em 2019.

Primeiro modelo na história do fabricante de Gaydon a abdicar de um motor de combustão, o Aston Martin RapidE será fabricado em conjunto com a empresa Williams Advanced Engineering, que também participou no desenvolvimento do concept.

Por outro lado, e embora os detalhes técnicos estejam ainda no segredo dos deuses, a marca britânica recordou já que, com a disponibilização quase instantânea da potência garantida pelos motores eléctricos, tal permitirá oferecer aos clientes Aston Martin uma experiência de condução única. Mesmo se não dispondo da sonoridade tão característica e viciante dos motores de combustão V8 e V12…

Certo, também, parece já estar que a Aston Martin não fabricará mais que 155 unidades deste RapidE, o que contribuirá para tornar ainda mais apetecível a compra daquele que será o primeiro automóvel eléctrico na história do fabricante de Gaydon.

“O RapidE representa um futuro sustentável em que os valores da Aston Martin, como é o caso do estilo sedutor e da performance suprema, não se limitam a coexistir com um sistema de propulsão zero emissões, mas serão antes valorizados pelo mesmo”, afirma o CEO da Aston Martin, Andy Palmer. Recordando que “os motores de combustão têm estado no coração da Aston Martin há mais de um século, e irão continuar nos próximos anos”. Já o RapidE, “é a concretização da capacidade da Aston Martin de abraçar mudanças radicais, oferecendo um novo tipo de automóveis que, no entanto, se mantêm fiéis aos valores da marca”.

Perante tais promessas, resta aguardar para saber que tipo de automóvel será o RapidE de produção – se um verdadeiro grand tourer 100% eléctrico, ou se, pelo contrário, um puro superdesportivo de quatro portas…