O Fundo Monetário Internacional (FMI) reviu esta terça-feira em baixa a previsão de crescimento da economia dos Estados Unidos para 2,1% em 2017 e em 2018, respetivamente, contra 2,3% e 2,5% que foi a estimativa avançada há três meses.

A descida da previsão para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano é justificada pelo FMI com a falta de “um plano económico completamente articulado” por parte do governo liderado pelo presidente dos Estados Uniodos, Donald Trump.

Embora a Casa Branca diga que quer “aprofundar as políticas”, segundo o FMI, ficou claro que “muitos detalhes sobre os planos estão todavia sem serem decididos”.

O FMI destaca ainda “as incertezas significativas” em matéria de consolidação orçamental, investimento em infraestruturas, renegociação de acordos comerciais e sobre imigração como elementos que justificam a revisão em baixa das previsões do PIB dos Estados Unidos.