A confiança dos consumidores voltou a aumentar em junho para um novo máximo desde novembro de 1997 e o clima económico continuou também a subir para o máximo desde junho de 2002, divulgou o INE esta quinta-feira.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), o indicador de confiança dos consumidores aumentou em junho, “prolongando a trajetória positiva observada desde o início de 2013 e renovando o valor máximo da série iniciada em novembro de 1997”.

Da mesma forma, o indicador de clima económico aumentou entre janeiro e junho, atingindo o máximo desde junho de 2002.

Em junho, os indicadores de confiança aumentaram na indústria transformadora, na construção e obras públicas e no comércio, tendo diminuído nos serviços.