A partir do próximo mês, vai passar a ser legal para os portugueses jogarem póquer online em rede contra jogadores de Espanha, França e Itália. A informação foi confirmada pelo governo espanhol, que confirmou, em comunicado, que “as autoridades de regulação” destes países vão assinar em Roma, no próximo dia 6 de julho, um acordo relativo à liquidez compartida para o jogo de póquer nas respetivas jurisdições”.

Desde o início de dezembro do ano passado, que voltou a ser ‘legal’ jogar póquer online em Portugal depois de dois anos de interregno. No entanto, até aqui, a regulação do jogo aplicada pelas autoridades portuguesas implicava que a liquidez do mercado era apenas a que circulava no domínio “.pt”.

Ou seja, como o Observador explicava na altura, “os legisladores portugueses optaram por um modelo de mercado fechado, pelo que os jogadores registados em Portugal apenas podem jogar contra outros jogadores registados no país. A equação é simples: um mercado fechado traduz-se em menos jogadores, menos competitividade e prémios mais baixos”.

Como o póquer online regressou a Portugal

Com a assinatura deste acordo para a liquidez compartida, os jogadores portugueses passam a ter acesso a um mercado aberto para estes quatro países, o que significa um aumento no número de jogadores com quem é possível jogar, e, por conseguinte, um aumento dos prémios disponíveis.

Ainda segundo a nota das autoridades espanholas, após a assinatura do acordo será divulgado um comunicado conjunto entre os quatro países com os detalhes da nova regulação.

A maior sala de póquer online em Portugal e no mundo é a PokerStars.