Depois de ter afirmado que Serena Williams ocuparia o lugar 700 do ranking do Ténis se jogasse na categoria masculina, John McEnroe dirigiu novos comentários sobre a tenista. A resposta não tardou a chegar, depois do antigo jogador de ténis a acusar que estaria a usar a gravidez como publicidade.

As declarações foram feitas no mesmo dia em que a capa da Vanity Fair do mês de agosto foi revelada: “Williams estaria em 700º lugar se jogasse no circuito masculino”, disse John McEnroe. Os 23 Grand Slams e quatro medalhas olímpicas não chegaram para o já reformado tenista norte-americano.

Apesar de McEnroe primeiro mostrar arrependimento em relação ao que disse, por não se aperceber “que poderia criar algo como isto”, no primeiro dia do torneio de Wimbledon voltou ao tema, sugerindo que a tenista tinha usado a sua gravidez para publicidade, quando pousou nua para a capa da Vanity Fair. “Querido John, eu adoro-o e respeito-o, mas por favor mantenha-me fora das suas ilações que não são baseadas em factos”, escreveu Serena Williams no Twitter. “Respeite-me a mim e à minha privacidade, estou a tentar ter um bebé”, acrescentou.

Já não é a primeira vez que McEnroe faz comentários do género. No ano de 2000 tinha dito que qualquer tenista universitário poderia derrotar Serena ou a sua irmã Venus, também ela uma tenista premiada.