Em entrevista ao Automotive News, o responsável pelo desenvolvimento na Volkswagen, Frank Welsch, anunciou que tudo está em marcha para que, a breve trecho, seja estreada na sua oferta uma motorização híbrida paralela (em que o motor eléctrico apenas funciona como auxiliar do motor térmico) com sistema eléctrico de 48 Volt. E que o primeiro modelo a fazer uso da mesma será das dimensões do Golf e assente na plataforma MQB.

Ora, daquilo que se sabe do calendário de lançamentos da marca alemã, o mais provável é que seja mesmo o T-Roc o primeiro modelo a recorrer a esta solução. Isto porque está marcado já para o próximo mês, na fábrica da Autoeuropa, em Palmela, o início de produção do novo SUV da Volkswagen, desenvolvido a partir do Golf, e a revelar ainda durante o presente mês de Julho, o mais tardar em Agosto.

Este é o SUV que vai ser construído em Portugal

Ao mesmo tempo, é evidente que a adaptação desta nova motorização à referida plataforma MQB permitirá que, rapidamente, outros modelos assentes sobre esta mesma base possam da mesma beneficiar. Tanto da própria Volkswagen, como das outras marcas que compõem o grupo, como a Audi, a Seat ou a Skoda, sejam eles de formato mais convencional ou SUV.