Um funcionário adolescente foi atacado por um urso negro enquanto dormia, num acampamento do Estado do Colorado. O jovem acordou com o animal a morder-lhe a cabeça e a tentar arrastá-lo. As autoridades locais estão à procura do animal.

Eram 4h da manhã de domingo quando a vítima de 19 anos acordou com o “estalar” da sua cabeça dentro da boca do urso, enquanto o animal tentava retirá-lo do seu saco-cama. O som viria “dos dentes a raspar no seu crânio”, acredita a vítima citado pelo The Guardian. O adolescente começou a bater no animal e os outros funcionários que estavam presentes ajudaram a afastar o urso. Ainda assim, diz a vítima que o animal o arrastou por 3,5 metros, até se conseguir libertar.

O funcionário em causa, identificado apenas como Dylan, foi levado e tratado num hospital e saiu sem ferimentos. O caso aconteceu a 77 quilómetros a noroeste de Denver. Dylan ensina técnicas de sobrevivência no acampamento.

Geralmente, os ursos negros não são agressivos, mas nas últimas semanas ocorreram alguns ataques no oeste dos Estados Unidos. Na passada terça-feira, uma mulher e os seus cães foram atacados depois de terem sido surpreendidos por um urso adulto e a sua cria nas florestas nacionais de Panhandle do Idaho. Também no mês passado, outras duas pessoas morreram no Alaska na sequência de ataques por ursos.