O atleta britânico Mo Farah, bicampeão olímpico nas provas de 5.000 e 10.000 metros, vai disputar a sua última prova em pista no meeting de Birmingham, Inglaterra, da Liga Diamante, a 20 de agosto, anunciou esta quinta-feira a organização.

O atleta, de 34 anos, despede-se das pistas de tartan pouco antes de tentar o tri-duplo nos 5.000 e 10.000 metros nos Mundiais de Londres, entre 04 e 13 de agosto.

Disputei várias corridas no Alexander Stadium [estádio de atletismo de Birmingham] durante muitos anos. Por isso, é o local ideal para a minha última corrida [em pista]”, afirmou o atleta ao site de atletismo Athletics Weekly.

Para Farah, que vai focar-se nas maratonas, a despedida em Birmingham também será “uma grande oportunidade para aqueles que não estiverem em Londres” de assistir à sua última corrida em pista.

“Há sempre um grande ambiente em Birmingham. Espero ter um bom desempenho para agradecer a todos os fãs o apoio que me deram ao longos destes anos”, disse ainda o atleta.

Mo Farah nasceu na Somália, tendo crescido na cidade de Djibouti. Mudou-se para o Reino Unido com oito anos, para fugir à guerra civil que assolava o país. Interessou-se cedo em jogar futebol e passou a praticar atletismo por incentivo de um professor de educação física.

O seu primeiro título seria ganho aos 14 ano, numa prova escolar e a primeira vez que foi reconhecido internacionalmente foi com 18 anos, em 2001, quando se sagrou campeão europeu de juniores de atletismo.

É o atleta britânico de atletismo mais bem sucedido na história dos Jogos Olímpicos e foi eleito Atleta Europeu do Ano por dois anos consecutivos.

Um dos seus melhores tempos foi conseguido em Lisboa, na Meia Maratona de 2015, onde totalizou 59 minutos e 32 segundos.