O excedente da balança comercial externa de bens na zona euro recuou, em maio, para os 21,4 mil milhões de euros, face aos 23,4 mil milhões homólogos, segundo o Eurostat.

Em maio, as exportações de bens da zona euro para o resto do mundo aumentaram 12,9% para os 189,6 mil milhões de euros, em termos homólogos (167,7 mil milhões em maio de 2016) e as importações chegaram aos 168,8 mil milhões, 16,4% acima dos 144,4 mil milhões do mês homólogo.

Nos 28 países da União Europeia (UE) a balança comercial externa de bens registou um excedente de 4,0 milhões de euros, face a um excedente de 5,0 mil milhões de euros de maio de 2016.

As exportações da UE para o resto do mundo aumentaram 15,9% para os 165,4 mil milhões de euros (142,79 mil milhões homólogos) e as importações cresceram 17,2% de 137,7 mil milhões de euros para 161,4 mil milhões.

Segundo o gabinete de estatísticas da UE, o comércio dentro da zona euro representou 162,4 mil milhões de euros em maio, mais 15,3% do que no mês homólogo (140,9 mil milhões de euros), enquanto as trocas comerciais entre os 28 Estados-membros aumentaram 12,7% de 255,6 para os 288,1 mil milhões de euros.