Um grupo de encapuzados entrou numa festa infantil no México e matou 11 pessoas, de acordo com as autoridades locais. O mais recente assassinato em massa no país aconteceu esta quinta-feira, na cidade mexicana de Tizayuca, no México, segundo a Aljazeera.

À chegada ao local, depois de receber uma chamada de emergência, a polícia encontrou quatro crianças vivas e 11 vítimas mortais, todos convidados presentes na festa. O ataque aconteceu numa área residencial da cidade, na zona centro do país. Testemunhas disseram que quatro homens irromperam pela tenda onde se realizava a festa, esfaqueando até à morte sete mulheres, dois homens e dois menores, disse o Procurador Javier Lara.

“Presumimos que tenha sido um ajuste de contas”, conta Javier Lara, “porque o proprietário da casa estava envolvido no crime organizado”, tendo sido várias vezes preso por crimes como rapto. Uma das crianças disse às autoridades que os homens encapuzados usavam uniformes da polícia quando realizaram o ataque.

O México tem sido palco de uma onda de violência nos últimos meses, que se estendem a áreas outrora consideradas relativamente calmas, na qual a cidade de Tizayuca se incluía. Os assassinatos bateram o recorde em maio, com uma média de 70 homicídios por dia.