Pelo menos sete pessoas morreram e 82 ficaram gravemente feridas num acidente rodoviário durante uma festa de fim de campanha eleitoral na República do Congo na sexta feira, anunciou hoje o porta-voz do partido humanista. O líder do partido União dos Democratas e Humanistas, da oposição, afirmou que todas as vítimas são simpatizantes da formação política que estavam em fim de campanha para as eleições legislativas e locais do próximo domingo.

“Este acidente aconteceu por estupidez: o condutor do veículo estava bêbedo, não se mantinha de pé, é inadmissível”, afirmou Guy-Brice Parfait Kolélas. O partido, recentemente criado, tem 31 candidatos a deputado, incluindo Kolélas, que se apresenta pelo distrito de Kinkala, no sul do país, onde se registou violência depois das contestadas eleições presidenciais de 2016.