O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, diz que as notícias relativas ao segundo encontro que teve a sós com Vladimir Putin na cimeira do G20, em Hamburgo, são “fake news.

Em dois tweets publicados esta madrugada, Trump diz que “todos os líderes do G20 e os seus cônjuges foram convidados pela chanceler da Alemanha” para um “jantar preparado para os 20 líderes”. E “a imprensa sabia”, acrescenta Trump.

Donald Trump diz ainda que “a imprensa das notícias falsas está cada vez mais desonesta” e que até aquele jantar preparado para os líderes do G20 “é feito para parecer sinistro”.

A imprensa norte-americana revelou esta terça-feira que Donald Trump e Vladimir Putin tiveram um segundo encontro durante a cimeira do G20, que até aqui não tinha sido divulgado.

Terá sido um encontro de perto de uma hora, durante o referido jantar de líderes. Trump deixou o seu lugar e sentou-se junto de Putin para um encontro a sós, apenas mediado pelo tradutor do presidente russo.

Trump e Putin tiveram uma segunda reunião durante o G20

O encontro, que foi agora confirmado por fontes da administração de Donald Trump à imprensa norte-americana, antecedeu uma outra reunião, esta oficial, entre os dois líderes, que o presidente norte-americano classificou como “formidável”.

Na altura, os norte-americanos afiançaram que Trump afrontou a questão sensível da alegada interferência russa nas eleições para a Casa Branca. Já os russos garantiram que o presidente norte-americano “aceitou” as declarações de Putin, que negou quaisquer intromissões.

Trump classifica encontro com Vladimir Putin de “formidável”