A Audi emitiu um pedido de desculpa depois de ser conhecido um anúncio onde compara uma mulher a um carro em segunda mão. A publicidade, lançada na China, levou a que a fabricante de automóveis fosse criticada por muitos admiradores.

Através do Twitter, a marca garantiu que aquela publicidade “em nada reflete” os valores da empresa. Condenou o anúncio, garantiu que vai tomar medidas para “evitar incidentes” como este no futuro e retirou-o do ar.

Eis o polémico vídeo:

O vídeo mostra um casamento, onde se vê a sogra a “analisar” fisicamente a noiva do filho. Depois surge a mensagem da Audi com a frase “uma decisão importante deve ser tomada com cuidado”, mostrando depois o portal de compra de veículos em segunda mão com certificado oficial. Alguns admiradores da marca acusaram-na de ter “objetificado as mulheres”.

Também na plataforma WeChat (uma plataforma semelhante ao Twitter muito utilizada na China), a empresa garantiu ter removido “imediatamente o anúncio”, e alguns dos portais chineses que tinham publicado o vídeo já não o têm disponível.