A cantora francesa Barbara Weldens, 35 anos, morreu enquanto atuava em palco. As causas ainda não são conhecidas, mas alguns meios franceses avançam que a cantora pode ter sido eletrocutada.

Barbara Weldens atuava na igreja de Cordeliers, no festival Léo Ferré, em Lot (sudoeste de França), quando subitamente caiu. Chegou a ser socorrida, mas as autoridades não conseguiram evitar o desfecho. A tragédia aconteceu cerca da meia-noite e foi aberta uma investigação para apurar as causas da morte.

O concerto estava inserido na digressão que a cantora estava a fazer.

Quem era Barbara Weldens?

Cresceu num circo com os seus pais, onde aprendeu malabarismo e ginástica artística. Em pequena chegou até a escrever poesia. Mais tarde, enquanto adolescente, aprendeu algumas noções básicas ao piano e foi nessa altura que começou a escrever e a cantar em segredo.

A cantora, que estava a dar os primeiros passos no mundo da música francesa, ganhou três prémios em 2016: o prémio “Canção de Ouro”, o prémio revelação da Academia Charles Cros e o primeiro prémio no concurso de Jovens Talentos do Festival Jacques Brel.

Em fevereiro deste ano lançou o Le grand H de l’homme, o seu primeiro álbum de estúdio.

O vídeo onde a cantora interpreta “Purple Room”, do seu álbum:

Barbara Weldens tinha 35 quando morreu eletrocutada durante o concerto no festival Léo Ferré, no sudoeste de França.