Trajecto de montanha localizado na Roménia, que devido ao facto de atravessar a cordilheira dos Cárpatos permanece aberta não mais que três meses por ano, mais precisamente entre Julho e Setembro, o traçado conhecido como Transfagarasan acaba de ser palco de mais um fantástico momento de condução. Neste caso, levado a cabo por seis Lamborghini Huracán, com os quais a marca de Sant’Agata Bolognese quis demonstrar que, se a estrada mandada construir pelo ditador Nicolae Caucescu é um desafio incontornável para os apaixonados da condução, os modelos do touro enraivecido são a escolha certa para o enfrentar.

[jwplatform Em3I0Y2F]

Das unidades em questão, Coupé e Spyder, equipadas tanto com tracção integral como apenas traseira, fazia igualmente parte um fantástico Huracán Performante, variante que fixou um novo recorde de volta mais rápida ao circuito alemão de Nürburgring. E que, integrado na comitiva de seis carros, partiu, segundo revela igualmente a Lamborghini em comunicado, “da cidade romena de Sibiu, até chegar à localidade de Vartisoara, onde tomou a estrada de regresso, desta feita, através das Montanhas Fagaras”.

15 fotos

O ponto mais alto do traçado construído entre 1970 e 1974, com o objectivo de permitir às tropas romenas um atravessar rápido dos Cárpatos, em caso de invasão do Ocidente pela União Soviética, aconteceu no lago Balea, situado a uma altitude de 2.042 metros. A partir do qual os carros iniciaram depois uma descida em direcção à impressionante barragem Vidraru.

No entanto, e porque não raras vezes uma imagem mais vale tanto ou mais do que mil palavras, deixamos-lhe aqui não só o vídeo da “aventura” dos seis Lamborghini Gallardo, mas também de outros modelos, alguns dos quais conduzidos pelos anteriores apresentadores do programa Top Gear, Clarkson, May e Hammond, que decidiram enfrentar igualmente a Transfagarasan.

[jwplatform Hm4RgJCF]