Mais de meia centena de pessoas foram retiradas de um acampamento devido a um incêndio em Carrazeda de Ansiães e estão a ser realojadas pela Câmara Municipal, disse esta segunda-feira fonte da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC).

O fogo atingiu alguns animais e obrigou à retirada das pessoas do acampamento, em Amedo, localidade do distrito de Bragança, disse à agência Lusa a adjunta de operações da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), Patrícia Gaspar.

O incêndio, que lavra desde as 15h50, tem duas frentes ativas numa zona de mato e mobiliza 138 operacionais e 56 veículos, segundo o site da ANPC às 21h25. Segundo a mesma fonte da ANPC, não existem estradas cortadas.