A seleção feminina de futebol regressou esta segunda-feira, de cara ‘sorridente’, aos treinos no Vooruit Orschoit, um dia depois de Portugal conseguir a sua primeira vitória no Europeu.

Diante da Escócia, em Roterdão, a equipa das ‘quinas’ venceu por 2-1, contrariando o favoritismo das britânicas, num jogo em que Carolina Mendes marcou aos 27 e Ana Leite aos 72, já depois de Erin Cuthbert empatar aos 68.

No complexo de treinos em Oirschot Vooruit, nestes dias a cargo do agora voluntário e anterior presidente Hans Van De Leur, a equipa foi recebida com mensagens de parabéns em português e um ‘desenho tático’ num quadro. Em retribuição, coube à diretora da Federação Portuguesa de Futebol Mónica Jorge entregar ao responsável holandês, que tem acompanhado a equipa neste centro a cerca de dez quilómetros do hotel, uma placa alusiva à FPF, com o símbolo federativo.

Entrevista às craques da seleção feminina: “Lembro-me de jogar à bola na rua”

Já no treino, o selecionador Francisco Neto optou novamente por fazer uma sessão mais ligeira, de 45 minutos, para as titulares frente à Escócia, que posteriormente assistiram no relvado, ao restante trabalho das companheiras de equipa. O trabalho cingiu-se a exercícios de passe, trocas rápidas de bola, finalização.

Na terça-feira a equipa prosseguirá os treinos em Oirschot, dia em que deverá falar à imprensa a central Carole Costa, titular nos jogos com a Espanha e com a Escócia.