Um homem tentou atacar vários polícias com uma faca durante a manhã desta terça-feira o posto fronteiriço de Beni Enzar entre a cidade autónoma espanhola de Melilla e Marrocos. O ataque deixou pelo menos um polícia com ferimentos ligeiros numa mão.

A informação foi confirmada pelo ministro do Interior espanhol, Juan Ignacio Zoido, no seu Twitter.

O homem já foi detido pelas autoridades e, segundo fontes citadas pelo El País, o atacante já tinha protagonizado um incidente semelhante há alguns dias, mas que não levava nenhuma faca. O atacante estará ainda a ser identificado, mas o mesmo jornal escreve que “poderá ser marroquino”. As autoridades espanholas descartam a possibilidade de o suspeito ter ligações a um grupo terrorista e atribui as causas a “problemas mentais”.

O homem levava uma “faca de grandes dimensões” e enquanto atacou gritava mensagens em árabe: “Allahu Akbar” (“Alá é grande”). Foi depois parado pela Unidade de Intervenção da Polícia. O momento da detenção ficou gravado no vídeo abaixo partilhado pelo mesmo ministro.

No vídeo, vários polícias cercam o atacante e conseguem neutralizá-lo ao atirar-lhe com um bloco de plástico. Juan Ignacio elogiou a atuação “coordenada e profissional” das autoridades espanholas.

O polícia terá ficado com ferimentos num dedo de uma mão. De acordo com a agência EFE que cita fontes policiais espanholas o incidente ocorreu às 07h35 (08h35 em Lisboa), uma altura com grande movimento de pessoas naquele controlo. Beni Enzar é a principal fronteira entre Espanha e Marrocos e tem quatro postos fronteiriços.