Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O fundador da Microsoft libertou o lugar mais alto do pódio para o fundador da Amazon. Com uma perda de 35 milhões de dólares (cerca de 30 milhões de euros) na fortuna de Bill Gates, Jeff Bezos passou a ser o homem mais rico do mundo. Mas apenas durante algumas horas porque Bill Gates recuperou o lugar rapidamente.

De acordo com a lista atualizada em tempo real pela Forbes, o fundador da Amazon passou a detentor desse título esta quinta-feira, devido à valorização das ações da empresa, que subiram cerca de 40% no último ano. Cada ação da Amazon vale 1.063 dólares (cerca de 884,47 euros), segundo o The New York Times. Bezos detém quase 17% da empresa, o equivalente a 81 milhões de ações.

O aumento de 269 milhões de dólares (230 milhões de euros) na fortuna do espanhol Amancio Ortega, valeu-lhe o terceiro lugar. O pódio fica completo com Ortega, que é o presidente e fundador da Inditex, grupo de empresas que detém marcas como a Zara e a Massimo Dutti.

Veja os restantes sete mais ricos do mundo na fotogaleria acima.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR