Tudo aconteceu sem intenção da empresa: a Apple distribuiu um firmware (o código informático que controla o diferentes componentes do hardware) sobre o sistema operativo do HomePod, a coluna inteligente da marca. Nesses códigos estavam várias informações relativas ao sistema operativo e a outros produtos da Apple que estão para sair — iPhone 8 (ou X, ou Pro) incluído.

Ora, dois profissionais tiveram acesso a esse código e conseguiram dar seguimento aos rumores que já circulavam há muito.

Factos e rumores. O que já se sabe sobre o próximo iPhone

Por um lado, conseguiram perceber que o iPhone 8 vai poder ser desbloqueado através de infravermelhos. É isso mesmo que está a pensar: por reconhecimento facial. Quer isto dizer que o smartphone vai usar sensores frontais para fazer a leitura, em três dimensões, do rosto do utilizador. Para além disso, a tecnologia de infravermelhos permite a utilização do reconhecimento facial em ambientes sem luz. A novidade foi revelada por um criador de jogos irlandês através do seu Twitter.

De acordo com a informação contida no código, a função dá pelo nome interno de “Pearl ID”. Mas as descobertas não ficam por aqui. Um programador brasileiro descobriu uma outra novidade, esta relacionada com o visual do novo smartphone. No meio dos códigos, o programador percebeu que o iPhone 8 deve vir “mais alto” e com um ecrã de uma ponta à outra, apenas com a câmara frontal, o altifalante e os sensores a ocupar uma pequena área central no topo do aparelho.

Este era, aliás, um dos rumores já praticamente confirmados, depois de uma marca de acessórios ter revelado o modelo de uma capa de vidro para o iPhone da próxima geração.

Já se conhece o design do próximo iPhone