Perdeu a visão quando era adulto, em resultado de uma doença. Nada que o impeça de definir-se a si próprio assim: “Sou uma pessoa muito visual. Simplesmente, não posso ver.” Falamos de Pete Eckert, fotógrafo cego que vive em Sacramento, na Califórnia, Estados Unidos da América, com trabalhos publicados um pouco por todo o mundo e uma colecção de prestigiantes prémios. Reconhecimento que, aliás, chegou às Nações Unidas, que escolheu uma das fotos para um selo de correio.

Agora Pete Eckert entregou-se ao seu primeiro projecto no ramo automóvel tendo como modelo o mais recente produto da Volkswagen. Mas antes de fotografar o Arteon, o artista fez questão de obter informação detalhada acerca do novo topo de gama da marca germânica. Para depois tocá-lo e ter, assim, uma impressão sensorial do automóvel mais precisa.

Arteon. O Volkswagen para enfrentar Audi, BMW e Mercedes

Com a ajuda de um assistente, o fotógrafo tirou e produziu imagens únicas – “pinturas de luz”. Fê-lo em completa obscuridade, com uma câmara analógica, usando tempos de larga exposição para conseguir efeitos dinâmicos deslocando diferentes recursos de luz. O resultado está à vista.

https://www.youtube.com/watch?v=bNI6bcQ9qyw&feature=youtu.be