Rádio Observador

Restauração

Cadeia multinacional Burger King anuncia investimento de 100 milhões em Portugal

O Burger King anunciou esta quarta-feira que vai investir cerca de 100 milhões de euros em Portugal. A empresa norte-americana já conta com "80 restaurantes" em território português.

A empresa de origem norte-americana refere já ter "80 restaurantes" em território português

ETIENNE LAURENT/EPA

Autor
  • Agência Lusa

A cadeia multinacional de comida rápida Burger King anunciou esta quarta-feira que vai investir cerca de 100 milhões de euros, nos próximos cinco anos em Portugal, em novos restaurantes e uma imagem de marca atualizada.

Este plano, definido pela cadeia para estar cada vez mais próxima dos consumidores portugueses, representa um investimento de 100 milhões de euros. Este investimento vai criar mais postos de trabalho nos novos restaurantes, significando a maior aposta da cadeia, realizada até hoje, no setor de ‘fast food’ em Portugal”, lê-se em comunicado.

A empresa de origem norte-americana refere já ter “80 restaurantes” em território português, desejando “tornar-se uma das cadeias de restaurantes líderes no mercado Português”.

Para tal, a Burger King tenciona “realizar esta expansão através de um novo modelo de ‘master franchising’ (parcerias com investidores locais), já lançado noutros países europeus”, contando “também com o apoio dos ‘franchisados’ atuais em Portugal”.

“Lançamos este ambicioso plano de expansão porque acreditamos nas possibilidades de Portugal e na margem de crescimento que temos neste país. Contamos com uma aposta firme e determinada para crescer de forma sólida e sustentável no setor da restauração”, declaram os responsáveis da marca.

Segundo a própria, a Burger King, fundada em 1954, “é a segunda maior cadeia de restauração de hambúrgueres do mundo, presente em “cerca de 15.000 restaurantes em mais de 100 países em todo o mundo”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Cooperação económica

De braço dado com Angola

José Manuel Silva

O momento político angolano é propício à criação de laços baseados na reciprocidade e na igualdade de tratamento, sem complexos de nenhuma espécie. A história foi o que foi, o presente está em curso.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)