Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O antigo banqueiro Ricardo Salgado era quem mandava na Portugal Telecom e tomava as decisões sobre a empresa, avança o jornal Sol. A informação foi revelada por Rafael Mora, que foi administrador da PT em 2008, além de braço-direito de Nuno Vasconcellos na Ongoing.

No depoimento feito no âmbito do processo Operação Marquês — foi ouvido no DCIAP como testemunha — Mora terá revelado que várias reuniões com Zeinal Bava e Henrique Granadeiro aconteciam no edifício do BES por ordem do ex-presidente daquele banco.

Segundo Mora, era “o Dr. Ricardo Salgado quem efetivamente definia as decisões a tomar no âmbito da PT, através de inúmeras reuniões que eram mantidas na sede do BES, onde se deslocavam quer o Zeinal Bava, quer o Henrique Granadeiro”.

Rafael Mora adiantou ainda que Salgado e Granadeiro mantinham contactos com Sócrates e que o ex-primeiro-ministro acompanhou de perto todo o processo da PT, desde a venda da Vivo à compra da Oi, tal como escreve o semanário Sol.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR