O ciclista português Edgar Pinto (LA Alumínios-Metalusa-Blackjack) não vai alinhar esta segunda-feira à partida para a terceira etapa da 79.ª Volta a Portugal, na sequência da queda sofrida no domingo, confirmou à agência Lusa o seu diretor desportivo.

Edgar Pinto que caiu, no domingo, no último quilómetro da segunda etapa da Volta a Portugal, não sofreu qualquer fratura, mas tem, de acordo com José Augusto Silva, “um hematoma muito grande ao nível do quadríceps e um problema no tendão no joelho” que o impedem de continuar em prova.

O líder da LA Alumínios-Metalusa-Blackjack, um dos candidatos à vitória final, já foi transferido para o Hospital de Aveiro, depois de ter passado a noite no de Castelo Branco.

O corredor de Albergaria-a-Velha, de 31 anos, tem um longo historial de quedas na Volta a Portugal, tendo, contudo, sido quarto classificado em 2013 e quinto em 2014.

No domingo, Pinto caiu na aproximação à meta em Castelo Branco, ponto final de uma tirada de 214,7 quilómetros desde Reguengos de Monsaraz. A terceira etapa da Volta a Portugal arranca às 13:10 de Figueira de Castelo Rodrigo e vai percorrer 162,7 até Bragança.