A Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) anunciou esta quarta-feira que Isaac Makwala, do Botsuana, poderá tentar o apuramento para a meia-final dos 200 metros dos Mundiais, em Londres, depois de terminada a quarentena que o afastou da competição.

Makwala, detentor da melhor marca do ano, com 19,77 segundos, terá de correr nesta tarde de quarta-feira, pelas 18h40, a distância em 20,53 segundos ou menos para avançar para as meias-finais, na qual se irá juntar aos restantes corredores apurados.

Depois de ter sido afetado por uma doença infecciosa (gastroenterite), que afetou quase três dezenas de pessoas envolvidas nos Mundiais, Makwala perdeu a final de terça-feira dos 400 metros e as eliminatórias dos 200, devido a um período de quarentena que terminou esta quarta-feira pelas 14h00.

O atleta do Botsuana é apontado como o principal rival do sul-africano Wayde Van Niekerk, recordista mundial dos 400, na prova de 200.