Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Love, exciting and new
Come aboard, were expecting you
Love, life’s sweetest reward
Let it flow, it floats back to you”

Atraca em Barcelona este domingo e é, provavelmente, aquilo que de mais semelhante existe com o cenário sugerido pela música que lançava a série “O Barco do Amor”, emitida nos EUA entre o final da década de 1970 e meados dos anos 1980. O Azamara Quest tem a bordo 345 casais, todos swingers (que alinham em trocas de parceiros com outros casais), que terminam na cidade espanhola uma viagem de nove dias pelo Mediterrâneo.

Um bilhete a bordo do cruzeiro da Luxury Style pode custar até cerca de 10.600 euros – por pessoa. A jornada começou em Roma, na semana passada, e tem escalas previstas em Toscana e na Costa Azul antes de atracar no norte de Espanha. Esta quinta-feira, os casais estão em Cap d’Agde, um povoado nudista francês onde, segundo o El Español, se pratica sexo em público.

As viagens a bordo do Azamara Quest começaram a fazer-se em 2012. O cruzeiro andou afastado das águas mediterrânicas durante uns anos mas, recentemente, a empresa que explora o conceito viu-se obrigada a recuperar a paisagem original por pressão dos próprios clientes — a maioria, norte-americanos –, que se juntaram milhares de assinaturas num abaixo assinado.

As festas a bordo do cruzeiro, essas, mantiveram a mesma linha, tal como o tema exclusivamente pensado em casais swingers. Há quartos disponíveis apenas para os casais terem algum momento a sós e há festas com temas eróticos todas as noites. O barco tem 11 andares e, além dos passageiros, tem capacidade para uma tripulação de 410 pessoas.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR