O treinador do Liverpool, o alemão Jurgen Klopp, avisou esta quinta-feira o FC Barcelona que o futebolista brasileiro Philippe Coutinho é intransferível, independentemente do valor da oferta dos catalães.

“Queremos ter a melhor equipa possível. Isso implica manter os nossos jogadores“, disse Klopp, à Sky alemã.

O técnico germânico foi assertivo: “Não temos necessidade de vender. Sendo assim, pouco importa o preço, isso não tem importância. Não há qualquer valor que nos faça ceder“.

Segundo a imprensa, o FC Barcelona fez esta quinta-feira uma oferta de 100 milhões de euros, rejeitada, tal como as duas anteriores.

Coutinho, que ingressou no clube em 2013, oriundo do Inter de Milão, por 9,4 milhões de euros, assinou em janeiro deste ano um novo contrato de cinco anos com o Liverpool.

Desde a saída do brasileiro Neymar para o Paris Saint-Germain, por um valor recorde de 222 milhões de euros, o FC Barcelona procura reformular o seu trio de ataque, que tem como certos o argentino Lionel Messi e o uruguaio Luiz Suarez. O avançado francês Ousmane Dembélé é outro dos futebolistas apontados para o lugar de Neymar, tendo mesmo falhado o treino do Borussia Dortmund, mantendo-se incontactável.

Onde está o Dembélé? Dortmund, Barcelona, qualquer interessado: liguem à mãe do menino, sff

O diário alemão Bild noticiou que o Borussia exige 150 milhões de euros para libertar o jogador, mas o Barça considera o montante “excessivo”.