A portuguesa Irina Rodrigues falhou esta sexta-feira a qualificação para a final da prova do lançamento do disco dos Mundiais Londres2017, ao terminar a qualificação no 21.º lugar, muito longe da 12.ª e última atleta apurada. Irina Rodrigues efetuou a sua melhor marca no terceiro e último ensaio, com 56,98 metros, 4,5 metros atrás do lançamento da lituana Zinaida Sendriute, que obteve o 12.º melhor registo, o último que permitia o acesso à final da prova, com 61,48.

A atleta portuguesa, que tem como recorde pessoal a marca de 63,93 metros, estabelecido em março de 2016, até poderia ter obtido a qualificação direta – fixada em 62,50 – caso igualasse o seu melhor registo do ano, de 62,63, obtido há apenas duas semanas, em Leiria.

Colocada no grupo B da qualificação, Irina Rodrigues, de 26 anos, até foi melhorando ao longo da prova, tendo efetuado o primeiro lançamento a 54,94 metros e o segundo a 55,87, mas nunca esteve em posição de discutir a presença na final, marcada para domingo.

A croata Sandra Perkovic, campeã olímpica em Londres2012 e Rio2016, considerada a grande favorita à conquista do título mundial, obteve a melhor marca da qualificação, com 69,67, mais de quatro metros acima do registo da cubana Yaimé Pérez (65,58), segunda classificada.