Uma rixa que decorreu neste domingo na praia fluvial de Mourão, no distrito de Évora, provocou sete feridos ligeiros, a maioria por esfaqueamento, noticiou a agência Lusa de acordo com informações prestadas pelos bombeiros e pela GNR. Uma fonte desta corporação revelou que um grupo de pessoas se envolveu em agressões no seguimento de uma discussão que, alegadamente, teve origem numa indicação dada pelo nadador-salvador que se encontrava de vigilância no local.

A GNR indicou que não foram feitas detenções e uma fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora adiantou que o alerta foi dado às 16h16. Os feridos, seis por esfaqueamento e um por trauma, foram transportados para o Hospital do Espírito Santo de Évora.

Participaram no socorro às vítimas os bombeiros de Mourão e Reguengos de Monsaraz e a GNR, num total de 21 operacionais, apoiados por 10 veículos, além de uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do Instituto Nacional de Emergência Médica.