Óbito

Dupla morre em acidente de mota durante as gravações do filme Deadpool 2

161

O acidente aconteceu durante uma corrida de motas. A mulher morreu depois de perder o controlo da mota onde seguia. Fazia de dupla da atriz Zazie Beetz, que interpreta a personagem Domino.

O filme Deadpool 2 é protagonizado por Ryan Reynolds e tem estreia marcada para junho do próximo ano

MexicoPost/Twitter

Uma mulher que fazia de dupla no filme Deadpool 2 morreu, esta segunda-feira, durante as gravações, na sequência de um acidente de mota, em Vancouver, no Canadá. A polícia confirmou a morte através do Twitter. Dan Berger, porta-voz da 20th Century Fox, já lamentou a morte.

A mulher terá perdido o controlo da mota em que seguia ao fazer uma acrobacia. A mota ultrapassou os limites do cenário, acabando por embater num vidro da torre Shaw. A dupla não estava a usar capacete porque a personagem da qual estava a fazer de dupla não o usava na cena, informa o site Deadline. Uma fonte próxima disse ao mesmo site que a mulher esteve a ensaiar a acrobacia durante o fim de semana. Esta segunda-feira, a dupla repetiu o movimento cinco vezes, antes das gravações.

Sharmina Kermalli, uma testemunha que se encontrava num café perto do local do acidente, disse à Sky News que quando ouviu um estrondo, correu para a porta e ainda viu o vidro a cair por cima do corpo da mulher. A dupla ainda foi assistida no local mas acabou por morrer, de acordo com o The Province, um jornal local.

A polícia ainda não divulgou a identidade da vítima mas o site Deadline avançou que a mulher fazia de dupla da atriz Zazie Beetz, que interpretava a personagem Domino. As autoridades informaram que estão a investigar as causas do acidente.

O filme Deadpool 2 é protagonizado por Ryan Reynolds e tem estreia marcada para junho do próximo ano, embora não se saiba se este incidente irá obrigar a alterações na data da estreia.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Moçambique

O homem que fazia tremer o chão

João Vaz de Almada
867

Afonso Dhlakama era um político sem filtros, sem subterfúgios, sem artimanhas e isso tornava-o diferente dos demais políticos. Era, sem dúvida, um one man show.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Detalhes da assinatura

Acesso ilimitado a todos os artigos do Observador, na Web e nas Apps, até três dispositivos.

E tenha acesso a

  • Assinatura - Aceda aos dados da sua assinatura
  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Inicie a sessão

Ou registe-se

Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)