Dark Mode Wh poupados com o MEO
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Hoje é um bom dia para mudar os seus hábitos. Saiba mais

Em caso de ataque: "Fuja, proteja-se, telefone". Mas se estiver nos EUA, "lute"

Em Portugal, a PSP é clara: em caso de ataque, o lema é "fugir, proteger-se, telefonar". No Reino Unido também. Nos EUA, a recomendação das autoridades é outra: "fuja, proteja-se, lute".

i

A recomendação surge na página de Facebook da PSP

João Moura

A recomendação surge na página de Facebook da PSP

João Moura

A recomendação da Polícia de Segurança Pública (PSP) para um eventual ataque terrorista em Portugal resume-se a três ações: fugir, proteger e ligar. Primeiro, os cidadãos devem fugir do local onde se encontram, depois devem procurar um sítio onde se possam esconder ou barricar e só quando estiverem escondidos devem ligar o 112. “Lembre-se: Fugir, Proteger, Ligar”, escreveu a PSP no post que partilhou na quinta-feira no Facebook.

A recomendação das autoridades portuguesas é semelhante à britânica, que nos ataques de Londres, em junho, pediu aos cidadãos que fizessem o mesmo: “Run, Hide, Tell” (fugir, proteger, ligar).

Mas nos Estados Unidos, o apelo das autoridades é diferente: “Run, Hide, Fight”, ou seja, fuja, proteja-se e lute. Foi o que aconteceu quando um estudante de 18 anos atacou uma universidade em Ohio e fez 11 feridos.

Segundo a Crisis & Solutions, empresa líder na Europa em simulações de crise, a diferença entre os comportamentos subjacentes à última recomendação das autoridades é notória. Se em Portugal e no Reino Unido, a atitude de “ligar” implica “marcar o 112 quando estiver seguro, dar a localização e o máximo de informação que conseguir e impedir que os outros entrem na área de perigo”.

Já nos EUA, o “lutar” significa “uma tentativa de incapacitar o agressor, agir com agressão física, improvisar armas e comprometer-se com as suas ações”. Apesar do alerta da PSP, a força de segurança reforça que “o nível de risco para Portugal se mantém baixo”.

Links promovidos

Recomendamos

Populares

Últimas

A página está a demorar muito tempo.