Cartazes espalhados e prateleiras esvaziadas. Podia ter sido um erro de stock, mas não: foi um ato bem pensado.

Para surpresa dos clientes que entraram no supermercado Edeka, as prateleiras estavam desertas. As dúvidas começaram a surgir, mas rapidamente desapareceram quando começaram a ler os cartazes espalhados pelo estabelecimento, conta o The Independent. Todos os produtos estrangeiros tinham sido retirados.

Esta foi a mensagem de forte impacto de um supermercado em Hamburgo, Alemanha, que quer combater a xenofobia e o racismo. “Esta prateleira é muito chata sem diversidade” ou “é assim que uma prateleira fica tão vazia sem estrangeiros”, lê-se nos cartazes. A campanha foi recebida com reações muito diversas entre o público alemão, com alguns a elogiar a ousadia.

Uma porta-voz da empresa explicou ao jornal britânico que “a Edeka defende a diversidade e uma vasta gama de produtos alimentares do nosso stock é produzida em diferentes regiões da Alemanha. Mas é com outros produtos de outros países que criamos uma diversidade única que os nossos consumidores valorizam”.