A GNR intensifica a partir desta segunda-feira o patrulhamento, fiscalização e apoio aos utentes das vias rodoviárias para garantir a sua segurança nas deslocações de e para locais de veraneio e eventos de verão.

Durante os três dias da 5.ª fase “Operação Hermes”, as ações de patrulhamento serão direcionadas sobretudo para a zona sul do país, incidindo a fiscalização rodoviária sobre condução sem habilitação legal, condução sob o efeito do álcool e de substâncias psicotrópicas, excesso de velocidade e incorreta ou não utilização do cinto de segurança e/ou sistemas de retenção de crianças.

Utilização indevida do telemóvel e manobras perigosas de ultrapassagem, mudança de direção, inversão do sentido da marcha, cedência de passagem, distância de segurança e circulação na via mais à direita são outras das infrações a que a GNR estará atenta.

Entretanto, o segundo fim de semana de agosto teve mais acidentes rodoviários, mais mortes e mais feridos graves e ligeiros do que o mesmo período do ano passado, segundo um balanço já divulgado pela GNR.

Nessa que foi a 4.ª fase da “Operação Hermes”, de intensificação das ações de vigilância em seis fins de semana do verão, a GNR esteve a patrulhar e apoiar os condutores, tendo registado oito mortes, mais cinco do que no ano passado, 25 feridos graves (mais dois) e 343 ligeiros (mais 95), todos resultantes de 836 acidentes, mais 66 do que no segundo fim de semana de agosto de 2016.

Uma outra fase da operação vai decorrer entre 1 e 3 de setembro.