O Partido Popular Monárquico (PPM) informou esta sexta-feira que Paulo Estêvão se demitiu da liderança do partido e que o atual vice-presidente Gonçalo da Câmara Pereira assume a presidência a nível nacional.

De acordo com o comunicado enviado à agência Lusa, o presidente da Comissão Política Nacional, Paulo Estêvão, apresentou, no passado dia 12 de agosto, a sua demissão de um cargo que ocupou nos últimos sete anos a nível nacional, mas continuará a presidir e a coordenar o partido nos Açores, mantendo também o lugar de deputado no parlamento regional.

O até agora vice-presidente, Gonçalo da Câmara Pereira, reúne, de acordo com a opinião unânime dos órgãos do partido, todas as condições para liderar o partido nesta nova fase da sua longa História“, refere o PPM, salientando os seus 43 anos de militância.