Uma colisão entre duas embarcações fez quatro feridos ligeiros esta tarde, no Rio Sado. A colisão, entre um catamarã e um navio mercante fundeado no rio Sado, ocorreu por volta das 14h, confirmou ao Observador o Comandante Local de Setúbal. A mesma fonte confirmou que o piloto do catamarã está a ser interrogado em Setúbal.

Da colisão resultaram quatro feridos ligeiros que “caíram”, mas foram assistidos por uma empresa de enfermagem sediada em Tróia. “Alguns deles dirigiram-se ao hospital para verificar se está tudo bem”, avançou o Comandante, mas garante que “não inspiram quaisquer cuidados”.

Já a embarcação seguiu para Tróia e foi aí que a Polícia Marítima o abordou já atracado. As autoridades ordenaram então o regresso do catamarã a Setúbal para ser vista pela peritagem. O Comandante Local de Setúbal avança ainda que a embarcação, apesar de não apresentar grandes danos, está impedida de navegar e que, na opinião da peritagem, terá de ser alvo de reparações.