Donald Trump não desperdiçou a oportunidade de fazer política durante a sua curta visita ao Texas, esta terça-feira, para faer uma primeira avaliação dos danos causados pelo furacão Harvey. Em Corpus Christi, onde chegou acompanhado pela primeira-dama, teve uma primeira reunião com o governador Greg Abbott e com o senador Ted Cruz (que foi seu rival na corrida presidencial) e várias autoridades oficiais. E, à saída do quartel de bombeiros onde teve esses encontros, o presidente dos Estados Unidos fez as primeiras declarações diante do grupo de cidadãos que o aguardava.

“Que multidão! Que grande afluência”, comentou Trump entre carros de bombeiros, artilhado com um microfone e uma bandeira do Texas. Isto apesar de, entre os presentes, haver quem levasse cartazes a acusar o presidente de “mentiroso” e “racista”. Isso não o impediu de agradecer a presença de todos e de elogiar a capacidade de resistência dos texanos, mesmo perante uma catástrofe desta dimensão.

Imune a isso, o chefe de Estado garantiu que “queremos fazer melhor do que nunca. Queremos que daqui a cinco ou dez anos digam que fizemos o que tinha de ser feito. O que aconteceu foi de uma dimensão épica. Não vamos congratular-nos antes de estar tudo acabado”.

Estes primeiros comentários serviram também para deixar críticas a anteriores administrações que passaram por catástrofes semelhantes, como as cheias de Nova Orleães após a passagem do furação Katrina, durante a admnistração Bush. Trump assegurou que tudo vai ser diferente do que foi na altura, disse perante a pequena multidão antes de seguir a bordo do Air Force One a caminho de Austin.

Donald Trump, contudo, foi alvo de fortes críticas por não ter dedicado nenhum discurso especial às vítimas ou sequer ter tentado encontrar-se com residentes do estado que tenham sido afetados. Nas redes sociais foram vários os comentários a questionar a iniciativa do presidente.

https://twitter.com/jesseberney/status/902721135640489986

Também na sua conta oficial de Twitter, Melania Trump deu conta do que se passou nessa curta passagem pelo Texas e dos encontros oficiais mantidos enquanto acompanhou o marido.