Desde que contratou Peter Shreyer – o alemão de desenhou modelos como o Audi TT –, como o seu responsável pelo design, os veículos da Kia têm vindo a registar notáveis melhorias em termos estéticos. Como se não bastasse a contratação de um europeu para mandar no estilo da casa – Shreyer, entrou para a Kia em 2006, mas desde 2012 lidera também o design do grupo Hyundai/Kia –, a vontade de agradar ao bom gosto do Velho Continente deu grande preponderância ao centro de estilo localizado em Frankfurt, bem ao lado dos terrenos que, ano sim, ano não, acolhem o salão automóvel alemão.

Vem isto a propósito do novo concept que a Kia está a preparar para apresentar no certame germânico, de que apenas se conhece uma foto, que revela parte da traseira e da zona lateral. A revelação do novo concept levou desde logo a imprensa internacional a tentar adivinhar de que se trata e qual o veículo que irá originar.

Aqui no Observador e como temos a bola de cristal a fazer a revisão, vamos tentar descobrir a que automóvel é que este concept vai dar origem. E, se não concordar connosco, pode sempre usar a caixa de comentários para dizer de sua justiça. Segundo a Kia, o novo protótipo, com designação interna KED 12, destina-se a antecipar as linhas do futuro Cee’d, e sem dúvida que apresentará uma frente que dará umas pistas sobre o que se pode esperar da grelha e faróis do novo modelo do segmento C – o mais vendido no mercado europeu e o segundo mais popular em Portugal – da marca. Mas vai mais longe. O que o KED 12 nos diz igualmente é que, depois da fase inicial em que o Cee’d será proposto apenas na versão de cinco portas e carrinha – desaparecendo assim a carroçaria de três portas, à semelhança do que já aconteceu com a maioria dos modelos deste segmento, a começar pelo Mégane –, verá a sua gama reforçada depois com uma versão tipo shooting brake, mais elegante e esguia, precisamente o modelo que vemos na foto.

Mas a inclusão das shooting brakes na gama da Kia é capaz de não ficar por aqui, ou seja, pelo Cee’d. Isto porque o KED 12 não tem as dimensões de um Cee’d, modelo que mesmo na próxima geração deverá rondar, tal como o actual, os 4,3 de comprimento e uma distância entre eixos de 2,6 metros. Se compararmos o KED 12 com o Stinger – modelo que se atira para 4,8 metros de comprimento e 2,9 m entre eixos –, é fácil de verificar que as proporções do concept a revelar em Frankfurt estão mais próximos do topo de gama da Kia, do que do seu veículo do segmento médio, o que permite pensar que também o Stinger vai ter direito a uma versão carrinha elegante e desportiva, com uma estética a privilegiar o estilo e não a capacidade da bagageira. Será? Para sabermos mais sobre os planos da marca sul-coreana para os próximos tempos vamos ter de esperar por 12 de Setembro, dia em que o Salão Automóvel abre as suas portas.