Morreu Joaquim Guerreiro, criador do festival F e diretor delegado do Teatro Municipal de Faro, escreve a Blitz. Guerreiro faleceu aos 50 anos, vítima de cancro.

Ainda antes de ter no currículo o festival F — cuja edição de 2017 termina este sábado na Vila-Adentro de Faro –, Joaquim Guerreiro foi responsável pela criação do festival MED e da Noite Branca, ambos em Loulé. Segundo o jornal Sul Informação, teve ainda um papel fundamental na reabilitação do Cine Teatro Louletano.

Em fevereiro deste ano, Guerreiro foi anunciado como cabeça de lista do PSD à câmara de Loulé para, pouco tempo depois, ser noticiada a sua desistência dada a descoberta da doença que o haveria de vitimar este sábado — Guerreiro morreu durante a madrugada, no Hospital de Loulé.

O funeral acontece na próxima segunda-feira, em Querença. Ainda não são conhecidos os horários das cerimónias fúnebres.