Enquanto as ilhas da América Central insular enfrentam o furacão Irma – de categoria 5 e um dos mais potentes de sempre – as autoridades de monitorização meteorológica estão de olhos postos em Jose, uma tempestade tropical que prossegue o mesmo rumo que Irma e que se espera que evolua para um furacão de categoria 1 esta noite.

Irma. Ilha de Barbuda incontactável e destruição em São Bartolomeu

Os residentes das Antilhas podem esperar condições adversas até ao fim-de-semana, mesmo após a passagem do furacão Irma. Devido à intensidade dos ventos do Irma – na ordem dos 300 quilómetros por hora -, as condições favoráveis à evolução da tempestade tropical Jose podem limitar a força do sistema.

A tempestade tropical que deverá, segundo o National Hurricane Center (NHC), evoluir para furacão esta noite, chegará às Antilhas em três dias e, se ainda se registarem restos do sistema Irma, poderá não evoluir além da categoria 1.

Foto: NOAA

O NHC aconselha os residentes de todas as ilhas das Antilhas a não saírem de casa e/ou dos abrigos e a prestarem atenção aos avisos e projeções da tempestade tropical Jose.