Emprego

Empresas criaram 200 mil postos de trabalho em dois anos

197

O ministro do Planeamento e das Infraestruturas avançou que, nos últimos dois anos, foram criados 200 mil postos de trabalho em resultado do investimento das empresas e dos apoios do Portugal 2020.

O presidente da câmara municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, oferece uma boneca tradidional de Viana do Castelo ao ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques (à direita)

ARMÉNIO BELO/LUSA

O ministro do Planeamento e das Infraestruturas avançou, esta sexta-feira, em Viana do Castelo, que nos últimos dois anos foram criados 200 mil postos de trabalho em resultado do investimento das empresas e dos apoios do Portugal 2020 a esses investimentos.

“O melhor sinal de como faz diferença na vida dos portugueses o resultado do investimento das empresas e o resultado dos apoios do Portugal 2020 nesse investimento é que desde que tomou posse este Governo, desde novembro de 2015, já aumentou em mais de 200 mil o número de postos de trabalho em Portugal. Duzentos mil postos de trabalho criados é o melhor sinal do sucesso desta estratégia, desta viragem em direção à economia e ao emprego”, afirmou Pedro Marques.

O governante, que discursava na inauguração de uma fábrica da multinacional francesa Eurostyle Systems Portugal na zona empresarial de Lanheses, na capital do Alto Minho, adiantou que “até final de agosto” o Governo atingiu “mais pagamentos às empresas dos apoios do Portugal 2020 do que em todo o ano de 2016”.

“Já ultrapassámos os 480 milhões de euros de pagamentos no ano de 2017 em resultado do investimento das nossas empresas”, disse.

Pedro Marques referiu-se à multinacional francesa que hoje inaugurou em Viana do Castelo a primeira de duas unidades a implantar naquele concelho como “empresa talismã do desenvolvimento económico do país e para a implantação do Portugal 2020”.

O governante disse ainda que a dinâmica do Alto Minho, nos últimos dois anos, tem sido “muito importante para a diversificação económica do país”, apelando a uma “ligação mais próxima” da região com a vizinha Galiza e à “criação de condições para atrair mais investimentos inovadores para Portugal”.

O presidente da Câmara, José Maria Costa, destacou “o contributo de Viana do Castelo para criação de emprego”, referindo que “desde outubro de 2013 até julho de 2017 o concelho reduziu a taxa de desemprego em 46%” e “aumentou em 30% as exportações”.

A Eurostyle Systems Portugal vai fabricar componentes e acessórios para automóveis destinados às linhas de montagem das principais marcas em Portugal e Espanha.

Esta é a primeira de duas unidades a implantar em Viana do Castelo. Representa um investimento superior a 18 milhões de euros, apoiado pelos fundos europeus do Portugal 2020. Vão ser criados 102 postos de trabalho, 11 deles qualificados.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Abusos na Igreja

Católicos anticlericais precisam-se

António Pimenta de Brito

Tristemente e depois de vários países com centenas, milhares de casos e figuras altas da Igreja acusadas e condenadas, os negacionistas ainda existem. Sejam eles noutros países, mas no nosso também.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)