O Governo socialista está a negociar com os partidos da esquerda uma redução da taxa de IRS relativo às rendas, mas só para quem fizer contratos de longa duração ou que pratique rendas mais baixas. A notícia, avançada pelo Público, tem por base declarações do deputado bloquista Pedro Filipe Soares.

A medida ainda está em negociação, mas é uma tentativa de combater os desafios agravados pelo arrendamento turístico, de curta duração — uma opção que é preferida por muitos arrendatários mas que agrava a escassez de casas para arrendamento tradicional. Há, também, um número de casas que estão desocupadas e cujo regresso ao mercado os partidos da esquerda querem incentivar.

O que está em causa, explicou Pedro Filipe Soares, é “uma diferenciação da taxa liberatória [28%] para senhorios que pratiquem contratos de arrendamento mais longos e a preços controlados”.