Banco Mundial

Banco Mundial doa 75 milhões de dólares a São Tomé e Príncipe nos próximos três anos

O Banco Mundial vai conceder a São Tomé e Príncipe um donativo de 75 milhões de dólares para "vários projetos" para os próximos três anos de 2018/2021.

MATTHEW CAVANAUGH/EPA

O Banco Mundial (BM) vai conceder a São Tomé e Príncipe um donativo de 75 milhões de dólares para “vários projetos” para os próximos três anos de 2018/2021, disse esta quinta-feira a sua diretora para operações da África Central.

“O total vai ser de mais ou menos 75 milhões de dólares, é um montante bastante grande”, disse Elisabeth Hubens, que chefia uma delegação do BM numa visita de uma semana São Tomé e Príncipe para “passar em revista a pareceria” com o arquipélago.

“Os recursos que o Banco Mundial tem para São Tomé e Príncipe vão mais do que quadruplicar nesse período dos três anos que vêm”, acrescentou a responsável, sublinhando que os setores que vão beneficiar mais com este donativo são a energia, educação, proteção social, capacitação institucional e transportes, através da reabilitação e proteção das principais estradas do país.

“O nosso programa vai crescer de maneira bastante importante, vamos continuar a ajudar São Tomé e Príncipe”, prometeu a diretora de operações da África Central do Banco Mundial, que se reuniu no Ministério das Finanças, Comércio e Economia Azul com o ministro Américo Ramos.

Elisabeth Hubens explicou que o BM quadruplicou o seu donativo a São Tomé devido a “uma combinação de fatores”, entre os quais a existência de “uma relação muito produtiva” com os setores são-tomenses que gerem os fundos colocados à disposição por esta instituição.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Global Shapers

Mãe, afinal não vou para a faculdade

Pedro Líbano Monteiro

E se eu quiser ser outra coisa? E se não me enquadro em nenhum dos cursos? E se não encontro na faculdade a ferramenta que preciso? Foi o meu caso, por isso deixei meia licenciatura por fazer

Futuro

As novas tecnologias e o futuro do ser humano

Maria de Sousa Pereira Coutinho

A “utopia trans-humanista” reside em se considerar o progresso como uma transformação da nossa concepção de vida e da própria “condição humana”, a fim de se obter um outro ser humano, um “homem novo".

Mundial 2018

O orgulho da Nação /premium

Paulo de Almeida Sande

Eu, português, da Nação dos lusitanos, “Estou Aqui”, sou da têmpera dos antigos Descobridores, sou do tamanho do Cristiano, o melhor do Mundo. Tenho direito a ser feliz. Façam lá o favor de ganhar.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)